Sunday, 25 May 2008

BBC RADIO STOKE

O mentor do Sala das máquinas, nos estúdios da BBC com Lamont Howie


( Bilingual article / Artigo bilingue )


O site Sala das Máquinas, tem também a função acessória de demonstar o meu percurso pessoal em Inglaterra, além das habituais máquinas . Hoje, fui convidado pelo produtor Lamont Howie da BBC Radio Stoke, para falar sobre o meu mais recente livro, " How about England", que descreve na primeira pessoa a experiência de deixar Portugal e vir viver para o Reino Unido.


As the "Sala das Máquinas" website, has the acessory purpose of also log my personal achievements in the UK, i am pleased to talk about being invited by Lamont Howie, Producer from BBC Radio Stoke to speak about my experience of coming to this country and about my latest work, a book called " How about England."




Não há um dia sequer, em que os jornais não falem sobre imigração, como um "mal" desconhecido em que nacionais de outros paises apenas procuram o Reino Unido para adquirir subsídios e habitação camarária. E praticar crimes. Falar na palavra "imigrante" desencadeia uma imagem tenebrosa de indivíduos pouco sociais, ensimesmados em comunidades fechadas, sem se integrarem na sociedade, e em suma provocando um choque cultural e social.


There isn't a single day going by, without the media bringing the subject of immigration to the front pages. Immigration, is often seen as an "evil" thing, where nationals from other countries only seek the UK for benefits,crime and social housing, excluding themselves from the society, living in closed communities and therefore clashing socially and culturally.


Eu quis falar um pouco sobre isto, demonstrando a minha postura acerca de vir para Inglaterra como trabalhador especializado, que se integra na sociedade inglesa, e que apenas aceita uma diáspora no Reino Unido enquanto estiverem reunidas as condições de sustentabilidade financeira, e de aceitação pessoal e social. Não concebo permanecer num Pais, longe de tudo o que sempre conheci, e que constitui a minha identidade como português, vivendo miserávelmente e de subsídios. Para isso, ia para Portugal outra vez, onde ao menos podia comer umas sardinhas , e respirar profundamente o ar salgado na Serra da Arrábida sob um sol maravilhoso.


I wanted to speak about this, showing my views about coming to this country as a specialized Engineer, who did his effort to integrate in the english society, and who only accepts his staying n this country while he has means of sustaining himself economically, and being accepted both social and humanly. I can´t conceive being in this country on the dole, living out of benefits, withdrawn from my identity as a portuguese. If it ment to be like that, living miserably,I was better off being back in Portugal, where at least I could eat some nice sardines under a beautiful Sun.

A minha postura neste País, é a de trabalhar arduamente, tanto a nível técnico como pessoal, para conseguir uma integração plena na sociedade, e dar algo em troca a um Pais que tanto me deu. Nunca conseguiria agradecer o suficiente, por ter um dia tido a oportunidade de conhecer pessoas tão humanas,competentes, e desejosas de também tornarem o amanhã um pouco melhor.Para eles, para nós, e para todos. Stoke é uma cidade extraordinária, com uma herança cultural e industrial riquíssima, e eu acho que os seus habitantes deviam ter orgulho do seu passado e do seu contributo para o Mundo.


I will try to work as hard as I can, to achieve a full integration in this society , and give something back to a Country that reached out for my hand when I mostly needed. I couldn´t ever thank enough to such competent and human people I was fortunate to meet during these years, that believed in me and are at the same time as me, people that are trying to make of tomorrow a better day. Stoke is a magnificient city, and I think we all citizens of Stoke should be proud of the cultural and industrial heritage of this city, that gave so much to the world.


( Eyup duck? How at? I just came from up Hanley to the neck end, to me ice, to put me fate up, and have me snapping! Dust want to go Boslem or Tunster?See? I know arfur tow crate! )


Para ouvir a minha participação na BBC Radio Stoke, clique em


To check the BBC Radio Stoke Website,log on






6 comments:

NanDux said...

Parabens Mike, Gostei de ouvir ;)
continua o excelente trabalho

Um abraço,

Fernando Silva

David said...

Boas Mike, mais uma vez os meus sinceros parabens pelo que tens feito e que a cada dia continues a ir mais longe, gostava de saber onde posso arranjar o teu livro cá em Portugal.

Cumprimentos

David/Cristina

Paulo said...

jjussdxParabens pelo Blog Mike, bastante interessante.

Um abraco

The Best Team (Paulo)

http://www.the-besteam.blogspot.com/

Mike Silva said...

Este livro,foi originalmente escrito em Português, mas claro, não hove ninguém interesado em apostar num "desconhecido".

Por isso,traduzi para Inglês, adaptei algumas coisas, e consegui alguma atenção.

Aqui em Inglaterra, importa é a ideia. O ser "desconhecido" é irrelevante.

Não existe intenções de publicar a versão portuguesa, ou distribuir o título Inglês fora do UK. Mal saiba mais qualquer coisa, claro que informarei.

Muito obrigado pelo vosso interesse no meu trabalho,e é para dignificar o nome do trabalhador português no Reino Unido que me tenho esforçado neste tempo todo.

Mike Silva said...

Obrigado pelo vosso interesse no meu trabalho, e foi apenas um contribut para dignificar o trabalhador português aos olhos dos cidadãos do UK, que fiz este livro.

Inicialmente,este foi um trabalho em lingua portuguesa, mas esbarrei em todo o tipo de cepticismo e resistencia, porque não tinha "nome".

Ao menos, em Inglaterra, interessa é o trabalho da pessoa, independentemente se tem cunhas, se é conhecido, ou não.

Este título só estará disponível no UK, mas mal saiba de alguma coisa, posso informar como os interessados podem obter um exemplar.

Mais uma vez, muito obrigado a todos os meus amigos, estejam onde estiverem.

fernando barella said...

Mais uma vez parabens. Para que os Portugueses não sejam sò pelintras e jogadores de futebol!
Continuação de bons textos.
Um abraço